É de senso comum os benefícios do alongamento e suas repercussões no corpo humano, porém, se tratando da realização do mesmo antes do exercício físico, veiculam-se algumas inverdades, que a comunidade científica trata de elucidar.

Diz-se que o alongamento aumenta o rendimento e evita lesões quando precede o exercício. A verdade é que diversos estudos demonstram que alongar antes de realizar algum tipo de treinamento, diminui a força muscular, devido basicamente ao afastamento de sarcômeros (componentes do músculo que permitem a contração), visto que para contrair o músculo necessita-se de um encurtamento dessas unidades, é natural essa atenuação.

O ideal antes de iniciar algum treino é aquecer. Se o exercício em questão for com pesos, inicie com uma carga menor e um número maior de repetições, caso seja uma corrida (de baixa ou alta intensidade), caminhe por alguns minutos, realize trotes e para iniciantes, intercale períodos de caminhada com a corrida (vale lembrar, sempre esteja acompanhado de algum profissional capacitado em sua prática).

O alongamento balístico (movimentos repetidos, dinâmicos) esta bem indicado para preparar o corpo á atividade específica. O alongamento muscular deve sim ser realizado periodicamente, porém, preferencialmente ao término de atividades ou então, em momentos que não precedam o exercício físico.

Por: Fisioterapeuta Felipe Faralozzo