A Auriculoterapia também pode ser chamada de Acupuntura Auricular ou Auriculopunctura e provavelmente é o microssistema mais estudado e conhecido da Medicina Tradicional Chinesa. Teve origem na China 3.000 anos antes de Cristo e foi também utilizada por outros povos como os egípcios, persas e indianos, por exemplo.

Consiste na aplicação de sementes, esferas ou agulhas em pontos específicos no pavilhão auricular, onde podemos encontrar pontos e áreas reflexas que representam todas as partes do nosso organismo.

O tratamento consiste na estimulação de pontos determinados no pavilhão auricular com a finalidade de tratar desordens físicas e emocionais e até mesmo prevenir certos agravos.

O paciente deve ser submetido a uma avaliação clínica, levando em consideração sinais e sintomas, histórico de saúde, além de exames complementares para definir quais serão os objetivos da terapêutica, visto que o paciente é tratado de forma global.

É bastante utilizada para promover analgesia, tratar desordens emocionais e problemas metabólicos.

Oferece vantagem por ser uma técnica não invasiva e de fácil acesso. Durante o procedimento de colocação das sementes o paciente pode referir sensação de calor local, peso, sensibilidade e dor não muito intensa. A auriculoterapia possibilita dar continuidade ao tratamento através da estimulação dos pontos por pressão digital durante o dia, garantido os efeitos da terapia.

Saiba mais sobre a Auriculoterapia – Por Fisioterapeuta Juliana Silveira.