Durante corridas de longa duração, os praticantes necessitam de concentração e controle do corpo para, assim, superar os seus limites, tanto físicos quanto mentais. Já a prática do pilates trabalha o corpo por meio de uma sequência de exercícios que seguem seis princípios: concentração, centralização, precisão do movimento, respiração, controle e fluidez. O pilates pode, portanto, auxiliar no desempenho da corrida.

— A atividade ajuda aos corredores porque em todas as aulas exercita-se a concentração para buscar o controle do corpo e coordenar os movimentos, superando também os seus limites — explica a professora Michelle Dornelles.A cada aula, o aluno obtém mais consciência do seu corpo, deixando-o mais forte, flexível, harmônico e com uma boa postura, diminuindo, assim, o stress articular durante as provas de corrida. Com o aumento da mobilidade das articulações, pode-se alcançar um aumento no tamanho da passada com conforto e segurança.

Em termos mais práticos, o Pilates auxilia no desempenho da corrida por melhorar a pisada, ajudando a distribuir melhor o peso do corpo nos membros inferiores e reforça abdômen e costas o que melhora a capacidade de sustentação da coluna. Auxilia no controle e no conhecimento do corpo, o que ajuda a manter o foco na atividade, mesmo com o cansaço inerente do esporte. Vale ressaltar que durante a prática do autêntico Pilates, a respiração é um ponto indispensável.

Os exercícios têm uma dinâmica na respiração que ajuda a guiá-los melhorando sua eficiência e fluidez. Para os corredores pode ser um diferencial já que a eficiência respiratória é um ponto chave da corrida. Assim, a prática do autêntico Pilates é um excelente complemento do trabalho aeróbico da corrida por proporcionar um ótimo resultado de força, flexibilidade, resistência muscular, respiração e o controle do corpo.

fonte: http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/almanaque/19,812,3333322,Pilates-pode-auxiliar-no-desempenho-da-corrida.html
02/06/2011 06h30min