O Cadillac é um equipamento que foi criado a partir das camas hospitalares de campos de concentração na Inglaterra durante a 1ª Guerra Mundial, onde Joseph Pilates foi recluso.

No campo de concentração em Lancaster, Joseph acabou atuando na área de enfermaria. Preocupado com a saúde dos enfermos Joseph adaptou alguns acessórios como alças, molas e polias nas macas para que os enfermos pudecem trabalhar seus corpos e praticar alguma atividade física voltada a reabilitação das suas funções.
Joseph percebeu que havia criado um equipamento de grande porte e o relacionou com o carro mais requintado daquela época: Cadillac. Devido à altura do equipamento o profissional pode orientar os praticantes do método Pilates com uma postura adequada.

As barras e os diversos acessórios auxiliam na execução dos movimentos para praticantes saudáveis ou na reabilitação de lesões. Praticantes em níveis avançados utilizam as barras de ferro localizadas na parte superior do equipamento, similar as acrobacias realizadas por ginastas em barras paralelas.

Neste aparelho versátil  existem muitos exercícios que podem ser executados. Neste equipamento Joseph Pilates não estabeleceu uma ordem pré-estabelecida específica (seqüência) de movimentos.
O Cadillac foi desenvolvido para corrigir as necessidades individuais, ou seja, estimular mudanças de desequilíbrios, favorecer o desenvolvimento da força, flexibilidade, mobilidade articular e estabilidade desenvolvendo o centro de força.
Conhecer mais sobre a história do método facilita ao praticante e ao profissional no entendimento do porque a prática de Pilates possui benefícios para os mais variados perfis de indivíduos.
Eduardo Freitas da Rosa
Fisioterapeuta
Diretor Científico da ABP (Associação Brasileira de Pilates)
Ministrantes de cursos de Pilates pela Original Pilates Cursos e ABP
Responsável técnico Instituto Golden PILATES