Novos estudos voltam a confirmar que a atividade física é fundamental para manter a saúde do cérebro em dia. Mexer o corpo reduz a taxa de demência mental em adultos mais velhos e melhora os movimentos cognitivos. Uma pesquisa americana reafirma que quem se mantém ativo, protege o cérebro.

O estudo analisou 2.890 mulheres acima de 65 anos que tinham histórico de doença cardíaca ou derrame. As que sempre praticaram exercícios tinham equilibrados os seus níveis de mau colesterol e pressão alta. Segundo os pesquisadores, a boa qualidade do sangue está associada à memória e problemas do declínio cognitivo. Esses por sua vez têm ligação com a doença de Alzheimer.

As mulheres ativas também foram submetidas a testes e o que os cientistas comprovaram foi que as que seguiam uma rotina de exercícios, como caminhada de 30 minutos diariamente, levavam vantagem. Seu um declínio cognitivo era mais lento do que as sedentárias. Em termos de idade cognitiva, a ativa era de 5 a 7 anos mais jovens.

Outro teste também foi realizado. Para medir a quantidade total de energia gasta por 197 homens e mulheres de 70 anos, os que eram ativos eram mais ágeis e dinâmicos. Os que praticavam esportes tinham um gasto de energia superior aos que não mexiam o corpo. Ou seja, os que praticam atividades diárias mantêm seu cérebro mais jovem e dinâmico.

O cérebro necessita de estímulos constantes para melhorar as funções psicológicas superiores e seu corpo necessita de atividade física regular.

Conheça os benefícios que a prática do Autêntico Método Pilates oferece para a saúde mental:

• Melhora a concentração (memória, inteligência, imaginação, criatividade e intuição)
• Raciocínio lógico
• Ajuda a renovar as células neurais
• Estabelecer novas conexões cerebrais

Fonte: Bem Estar – Globo.com