É uma técnica de massagem que estimula o sistema linfático a trabalhar em um ritmo mais acelerado, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos, esse processo elimina o excesso de líquido e toxinas. A drenagem linfática pode ser aplicada de forma manual ou por meio de uma modalidade recente, a eletroestimulação sequencial.

A drenagem linfática deve ser realizada de forma lenta e com pouca pressão, nunca deve doer ou deixar hematomas. Logo, a massagem deve ser rítmica, sem muita pressão – já que a linfa corre na superfície da pele e seu fluxo é relativamente lento e precisa ser respeitado.

Qual a indicação?
-Linfedemas;
-Edemas pós-operatórios;
-Pré e pós-cirurgia plástica;
-Tratamentos de revitalização facial;
-Retenção de líquidos;
-Retenção de líquidos em gestantes;
-Celulite;
-Acne;
-Rosácea;
-Má circulação sanguínea;
-Tensão nervosa.
ELETROESTIMULAÇÃO SEQUENCIAL: Através de contrações favorece a drenagem linfática.

Como funciona?

Por meio de eletrodos acoplados na pele ocorre a eletroestimulação sequencial, a corrente estimula as contrações dos linfângios (válvulas do sistema linfático) aumentando a circulação sanguínea e linfática da região, melhora da oxigenação celular e eliminação de toxinas, efeitos proporcionados pela drenagem linfática.

Qual a indicação?

– Melhora do fluxo sanguíneo
– Melhora do fluxo linfático (drenagem linfática)
– Celulite
– Gordura localizada

DRENAGEM LINFÁTICA MANUAL PRÉ E PÓS OPERATÓRIO

Pré e Pós-operatório: A drenagem linfática manual no pré operatório, é de suma importância, pois prepara o tecido para a cirurgia, e quando está no pós operatório há uma recuperação mais rápida e com uma melhor cicatrização.

O tratamento fisioterapêutico no pré operatório têm por objetivo:

– melhorar a circulação sanguínea e linfática
– Conscientizar a respiração e postura adequada
– Promover relaxamento físico e mental
– Aliviar ansiedade e tensão.

O tratamento fisioterapêutico no pós operatório têm por objetivo:

– Tornar esse período mais agradável
– Diminuição da dor- Diminuição do edema
– Promover uma cicatriz de boa qualidade
– Prevenir complicações.

CUIDADOS: Em qualquer cirurgia, por causa do trauma, há um processo inflamatório que gera um excesso de líquido fora dos vasos e das células, causando edema (inchaço). Daí, a recomendação da drenagem depois da lipoaspiração e do implante de próteses de mama, entre outros procedimentos, sempre após a liberação médica. O profissional que faz a massagem deve ter especialização nessa área, pois é necessário um cuidado maior com a pele, a cicatriz e até com a prótese para não haver deslocamento.